O que você pode fazer pela igualdade de gênero na infância?

1.

 Ninguém deve ser discriminado por ser menina ou ser menino, do mesmo modo que por questões de raça ou classe social. Todas as pessoas merecem respeito.

 

2.

Meninas e meninos têm os mesmos direitos. Em casa, na escola, na quadra, em qualquer lugar.

 

3.

Não existem brinquedos de menino e brinquedos de menina, assim como não existem coisas de menino e de menina. Todo mundo pode brincar do que goste, e isso ajuda as crianças a se desenvolver plenamente.

 

4.

Tanto as meninas quanto os meninos precisam de cuidados. E cuidar –  da casa, das crianças, dos animais, por exemplo – é algo para todas as pessoas.

 

5.

Meninas e meninos têm o direito de expressar seus sentimentos livremente. Inclusive chorando.

 

6.

Meninos e meninas têm direitos iguais de usar os espaços públicos, de expressar seus desejos e opiniões.

 

7.

Ninguém tem o direito de tocar o corpo delas sem autorização. Cada criança é dona de seu próprio corpo e precisa ter autonomia sobre ele.

 

8.

 O machismo é ruim para as meninas e para os meninos também, pois restringe a liberdade e o potencial das pessoas.

459 MB

650 KB

KIT COMPLETO

Contém toda a campanha

VÍDEOS + HQ

Peças avulsas da campanha

caderno de atividades

Contém atividades para sala de aula

voltar topo

siga-nos em nossas redes sociais e fique por dentro de novidades

doe plan

  • IGUALDADE

    Um dos princípios que orientam as normas dos Direitos Humanos (v. homem; v. iguais). Os seres humanos, embora sejam iguais na essência humana, não são iguais nem nascem iguais em direitos e deveres. A igualdade é construída pela consciência social e requer contínua atenção para não ser ferida. No mundo atual - em particular no Brasil -, a igualdade entre as pessoas não está ainda assegurada.

  • equidade

    Igualdade entre homens e mulheres através de medidas que compensem as desvantagens sociais e históricas e considerem as diferentes necessidades para que homens e mulheres tenham acesso aos mesmos direitos.

  • Estereótipos

    Crenças inquestionáveis sobre mulheres e homens, que são vistas como verdadeiras e imutáveis. Levam as pessoas a serem julgadas conforme sua adesão aos papeis de gênero atribuídos a seu sexo.

  • papéis

    Características e comportamentos que uma sociedade específica em um momento particular considera apropriados para um sexo específico.

  • Violência

    Violência que sofrem as mulheres, sem distinção de raça, classe social, religião, idade ou qualquer outra condição, produto de um sistema social que subordina o sexo feminino.

  • Socialização

    O termo se refere a como os papeis de gênero são aprendidos. Tem impacto sobre todas as pessoas — desde o nascimento, através da infância, idade adulta e velhice. Família, escola, amizades, mídia, educação, religião, e a comunidade participam dela. A socialização nos leva a adotar atitudes e expectativas sobre homens e mulheres e determina quem tem poder e quem é valorizado.

Em pleno século 21, ainda tratamos meninos e meninas de modo desigual. Precisamos mudar essa realidade juntos, questionando nossos hábitos, mudando nossos comportamentos e educando nossas crianças para a igualdade. Em casa, na escola, entre amigos, em todo lugar. Todos têm um papel importante. Por isso, lançamos o desafio:

 

O que você pode fazer pela igualdade de gênero na infância?

 

Nessa página, você vai encontrar dados, provocações e reflexões que podem ajudá-lo a ser um agente e um multiplicador dessa causa. Nossas meninas agradecem. E os meninos também.

 

Animação

51 MB

Documentário

178 MB

História em Quadrinhos

1 MB

Websérie

232 MB

Enviando...

Erro! Tente novamente mais tarde.

Enviado com sucesso! Obrigado.